Dicas17 Jul 2020

Criança engasgada: 5 dicas do que NÃO fazer

O engasgo - ou engasgamento - é muito comum em bebês e crianças pequenas, especialmente até os 7 anos de idade. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, isso ocorre porque os pequenos de até 3 anos não têm total controle da mastigação e deglutição dos alimentos, desta forma, pipoca, feijão e amendoim, por exemplo, são facilmente aspirados sem que a criança tenha controle. Um outro ponto de atenção nesta fase é que sentir a textura e os tamanhos é uma grande novidade e colocar objetos na boca faz parte deste processo de descobrimento do mundo ao seu redor. Com isso, peças pequenas de brinquedos, partes de sacos plásticos e bexigas de festa tornam-se vilões.

Já para as crianças até os 7 anos, a mudança para a dentição definitiva dificulta a mastigação. Isto pode levá-la a engolir pedaços maiores do que a sua capacidade de deglutir. Em algum momento, a criança pode ter também um movimento conhecido como reflexo de GAG. No primeiro instante pode parecer que ela está se engasgando, mas trata-se de uma ação de proteção involuntária do organismo da criança para evitar o seu engasgamento. É importante entender a diferença entre o engasgo e o reflexo de GAG para saber quais medidas tomar em cada caso. Muito se fala sobre os cuidados para evitar engasgamentos e o que deve ser feito quando isto ocorrer. São tantas as sugestões de parentes, amigos e vizinhos que fica até difícil separar o que deve do que não deve ser feito.

Listamos abaixo cinco coisas que devem ser evitadas em caso de engasgamento. Confira:

1. Respiração boca a boca Apesar do que muitas pessoas pensam, isso não ajuda e pode empurrar o que está causando o engasgo na criança mais para dentro da garganta, dificultando o seu desalojamento ou até mesmo causando uma obstrução total das vias aéreas.

2. Colocar a mão na boca da criança Em caso de engasgo com objetos ou alimentos, tentar desobstruir as vias com as mãos não é uma ideia recomendada. Se você não consegue enxergar o objeto ou o alimento, não insira os dedos dentro da boca da criança. Isso pode empurrar ainda mais o objeto ou alimento para a garganta, dificultando ainda mais o seu desalojamento ou até mesmo causando uma obstrução total das vias aéreas.

3. Virar o bebê de cabeça para baixo Com esse movimento, o bebê sai completamente da sua ação de defesa devido ao excesso de estímulo. Virar o bebê de ponta cabeça pode assustá-lo e piorar o quadro de engasgamento.

4. Soprar no rosto do bebê. Essa você já deve ter ouvido de alguém da sua família. Porém, não há qualquer comprovação de que assoprar o rosto da criança ajude em caso de engasgamento. Trata-se de uma crença popular que não colabora em nada para desobstrução das vias respiratórias do bebê.

5. Chacoalhar ou jogar o bebê para o alto Chacoalhar ou levantar o bebê para o alto é extremamente perigoso. Além de não resolver o problema de engasgamento, pode causar lesões graves a criança.

Lembre-se dos riscos de não saber como socorrer uma criança em caso de engasgos. Para evitar acidentes que podem levar à óbito, descubra o passo a passo para socorrer uma pessoa engasgada e conheça o Lifevac, o primeiro desengasgador para primeiros socorros do Brasil. É um item importantíssimo que pode salvar a vida de crianças e adultos de uma maneira bastante simples, rápida e completamente segura. Saiba mais clicando aqui!

Se você já passou por alguma situação semelhante no uso de LifeVac, envie o seu relato.

Essa atitude pode salvar vidas.

Todo conhecimento sobre
primeiros socorros é
importante e compartilhar
experiências reais pode
salvar vidas.

O seu depoimento está em processo de aprovação e você será avisado
por email quando seu poste será publicado.

posts RELACIONADOS

Dicas08 Jan 2020

LifeVac: o que é e como usar

LifeVac é um produto não elétrico, não invasivo, usado para aspirar e remover corpos estranhos das vias aéreas em vítimas de engasgamento por alimentos ou objetos. É um dispositivo de primeiros socorros simples, eficaz e fácil de usar.

Para usar LifeVac não é preciso ser profissional da saúde ou receber treinamento especial: basta manter a calma e seguir as instruções de uso do produto.

O uso de LifeVac é muito simples: Ao notar que uma pessoa está engasgada, observe se ela consegue tossir ou falar. Caso não consiga, trata-se de uma clara situação de obstrução total das vias aéreas – a vítima...

Seu LifeVac08 Jan 2020

Conhecendo nossa história

Por ser um produto único e inovador, é natural que as pessoas tenham muitas perguntas sobre LifeVac. E é para isso que estamos aqui!

Antes de entrarmos nos detalhes do produto, gostaríamos de falar um pouquinho de nossa empresa:

R9C Sterifarma

A R9C Sterifarma é uma empresa que existe há mais de 25 anos no mercado dedicando-se exclusivamente à saúde. Nossa história começa com a fabricação e venda de soluções customizadas de alta qualidade em materiais médicos estéreis e descartáveis aplicados diretamente aos procedimentos cirúrgicos e pós-cirúrgicos; passa pelo desenvolvimento de um portfólio...